MOVIMENTO ISRAELITA NAZARENO DO BRASIL

Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis

As Crenças dos Netzarim

As Crenças dos Netzarim


NOSSAS CRENÇAS


 


 


Alhym (Elohim)

"Alhym" é a antiga palavra hebréia para "Elohim". Achamos que a (Presença) de Shakhynah de Alhym pode ser encontrada, onde quer que exista ali a paz, a verdade e a luz. O conceito de Alhym não deve ser limitado pelo adoctrinamento da infância, como a crença de que Alhym está num lugar longínquo, difícil de atingir. O antigo nome hebreu de Alhym é Yahuéh(I-A-U-É)

Yahushua haMashyakh (o Messías) disse, "Eu Sou a luz que está sobre todas as coisas. Eu Sou tudo: de mim tudo veio à existência, e através de mim se atinge tudo.  Parta uma peça de madeira; Eu Estou aí. Levante a pedra e você me encontrará ali" - O Evangelho de Mar Thomas(Tomé).

Alhym está próximo de todos aqueles que O invocam a Ele e em cada esquina alta e baixa da terra.

Alhym Ekhad (Alahota)

Nós achamos que Alhym se dá a conhecer a Sua gente através de Três Aspectos:

1. A mente de Alhym, isso que concebe a todas as coisas. Este aspecto de Alhym, conhecido como o Pai, está para além daquilo que está manifesto e está para além de nosso entendimento.


2. O Miltha ou a sabedoria de Alhym, isso que molda todas as coisas.
Este aspecto de Alhym comumente conhecido como o filho, é o único aspecto de Alhym mediante o qual se pode conceber qualquer criação.


3. Ruakh haKodesh ou a vida de Alhym, isso que enche toda a criação de energia e movimento; se algo na criação tem vida dentro dele ou dela, isso é devido ao Ruakh haKodesh. O qual faz que o conhecimento dos (Nazarenos)Essenios sobre o Espírito do Kadosh, seja algo muito diferente do que muitas pessoas que usam este termo, compreendem. É também o conhecimento mais exato do termo.

Estes três aspectos, são um. Significa que não têm existência separada ou autonomia de uma a outra.

O Sh'ma* diz "Escuta, Oh Yisrael! YHWH  é Nosso Alhim! YHWH é Um ". Os (Nazarenos)Essenios são estritos “monoteístas”, e não crêem no conceito de "Pessoas" em relação com Alhym, o qual é uma paródia (deboche) ao monoteísmo. Portanto, nós usamos o termo "Aspectos".

* O Sh'ma - Deuteronomio 6:4

 

Yahushua (Yashua)

Nós achamos que Yahushua é o filho de Alhym, que Yahushua é Yahuéh! A Dabar (do aramaico: "Miltha", a "Palavra") foi feito carne na forma de Yahushua haMashyakh o filho de Miriam e Yoseph, e enquanto esteve aqui sobre terra, fez demonstração de um exemplo perfeito de Observancia da Torah, que todos devemos seguir. Achamos que Rabbeinu Yahushua foi crucificado e ressuscitou ao terceiro dia. Nós achamos que Seu sangue nos isenta e é uma manifestação do grande amor de Alhym por Sua criação, e que pode nos levar à vida livre de pecado.
Nós adicionalmente achamos que Yahushua, como Ekhad(Um) e o único filho de Alhym, chegou a muitas culturas durante toda a história da humanidade, para repartir Sua mensagem de amor e redenção. Como o Filho, Yahushua é conhecido como o "Segundo Aspecto" do Alhym-Khay (Elohim Vivente).


Escrituras Sagradas

Achamos que o Sefer Shakhynah ( Torah) é um guia para a humanidade e é o fundamento do primeiro pilar de nossa Fé Pura.
Achamos que o texto contido nas escrituras é a mensagem fornecida à

 

humanidade por Alhym para conhecê-lo a Ele.

Alhym também pode ser conhecido em sua própria formosa criação.
Há milhões de pessoas que nunca tiveram a oportunidade de ler uma cópia das escrituras e achamos que não obstante Alhym os quer.
Achamos que o Arameo-Hebreu Peshitta é o texto interpretativo mais exato das escrituras e como tal é um companheiro (investigação dos originais) da  “Biblia”.  

O Selo “Sagrado”

Nós achamos que o Ruakh haKodesh, é uma parte do Alhym Ekhad, é uma parte da Vida no Universo. Não se pode dizer que nenhuma coisa vivente pode estar "Vivendo" sem a presença da Ruakh haKodesh. Porque todas as criações entram na existência, vivem por um momento e depois se extinguem, somente se pode dizer que o Ruakh haKodesh se encontra dentro dessa criação, quando essa criação vive há uma condição especial para a alma, uma alma que recebe o selo da Ruakh haKodesh dentro dele ou dela, isso existirá com Alhym por toda a eternidade. Esta é a importância na vida de uma pessoa, a de receber o Ruakh haKodesh.

A maioria das pessoas confundem que é o que exatamente outorga o Ruakh haKodesh sobre o crente; muitos acham que é o batismo, mas este mandamento especial é um mikva, um banho ritual para a purificação dos pecados.
Similar ao que o Profeta Yokhanan ofereceu às pessoas da Judéia. Enquanto a Ruakh haKodesh desceu sobre Yahushua haMashyakh em seu batismo no rio Yarden, isto não é o mesmo para todas as pessoas que têm um mikva.
Sim, têm que ter a Tevilah(imersão), mas é essencial que recebam o Selo da "Mish´chah" (unção), o Selo da Unção é o que outorga a Ruakh haKodesh na alma.

Nós não dizemos que uma pessoa não alcançará a eternidade sem o Selo da Unção, porque nós não sabemos que ocorrerá entre o alma individual e Alhym, uma vez que deixa esta vida e entra no Sheol.

Salvação

Os (Nazarenos)Esenios crêem na obra “divina”  do madeiro. O que nós dizemos por meio disto, é que todos serão ajudados a a elevar a luz de Alhym através de um processo de crescimento espiritual concedido a nós pela piedade de nosso criador.

Devido à piedade de Yahushua, todas as pessoas agora têm a oportunidade de reconciliar-se com Alhym através do sacrifício sobre o madeiro e a posterior resurreição.

O que faz aos (Nazarenos)Essenios diferentes dos outros grupos que reclamam seu amor para Mashyakh é que os (Nazarenos)Essenios estão sempre no processo de Guardar Seu Caminho (Halakha). Estamos dedicados a Perdurar na Fé.

Numa formosa e antiga oração chamada o "Tephilah Panim" esta diz:

"Alhym, ¡Eu nunca posso permanecer quieto na ociosidade; guia meus pensamentos para meditar em Ti; guia minhas mãos para fazer Teu trabalho, e controla minha atenção para escutar somente Tuas instruções, e Eu poderei caminhar sempre em sua Shakhynah".

Esta é uma curta e resumida oração da mente de um (Nazareno) Esenio Ortodoxo. É muito fácil dizer que um adora a Alhym. É muito fácil dizer que uma pessoa aceitou a salvação através do Mashyakh. É até muito fácil ir aos serviços religiosos, e é outra coisa completamente diferente guardar a Torah de Mosheh como selada no Sangue do Cordeiro. Isto é o que os (Nazarenos)Essenios Ortodoxos se comprometem a realizar diariamente.


O serviço para o Mashyakh é nosso amor a Alhym, fato manifesto. Não achamos que alguém que aceita a Alhym e ao Mashyakh deve ganhar seu "Boleto para o céu", mas o sinal desta aprovação é o guardar o Halakha de Mashyakh diariamente.
Combatendo o bom combate até o final.

O Mundo

Nós achamos que o mundo está num estado moribundo e que nosso propósito é lhe brindar a luz de Alhym a todos aqueles que desejam ter um estilo de vida melhor e ser consolados com sua esperança. Achamos que este melhor estilo de vida pode ser manifesto somente através da observancia da Torah. É o desejo dos (Nazarenos) Essenios, ajudar a todas as pessoas a encontrar seu próprio caminho dentro do Caminho Estreito, e começar a tomar esses passos que os dirijam ao Olam ha'Bah (o Mundo vindouro).

O Fogo da Palavra

É muito fácil para uma pessoa dizer que crê em Alhym. Dizer que aceita a salvação, mas só dizer uma coisa, ou só levar a cabo um ato, não expressa se uma pessoa, a dizer verdade, se regressou a Deus completamente, e aceitou ao Mashyakh completamente. Somente Alhym sabe com segurança, quem é e quem não é de Suas Ovelhas. Por outro lado, o indivíduo, tem que saber se se comprometeu com o Mashyakh.

Existe uma frase que é usada entre os (Nazarenos)Essenios, e esta é "O Fogo da Palavra". Para nós, é uma pessoa que real e verdadeiramente se volta para Alhym, através do Mashyakh, e se compromete segui-lo completamente.

Agora cheio de um Fogo Sagrado, Mashyakh é A Palavra e o Fogo que é ignição e se queima dentro do Crente, é um Fogo Celestial dedicado a Elohim e deve ser compartilhado com toda a criação. O fogo estende-se de alma a alma.

Onde o Fogo da Palavra é diferente do que os Cristãos chamam ser "novo nascimento", é que o Fogo da Palavra tem que ser expressado, não só nos pedidos emotivos, senão através das ferramentas dadas a nós pelo Mashyakh. Estas ferramentas são os Três Pilares da Sagrada Fé Ortodoxa dada a nós por Alhym.

   

Os Três Pilares

Os (Nazarenos)Essenios crêem e aderem-se aos Três Pilares da Fé Ortodoxa, como se nos ensinou a nós por meio do Mashyakh e seus Sh´likhim (apóstolos) no século I, concretamente:

A Escritura Sagrada - A Palavra de Alhym.

A Tradição Sagrada - As Práticas da Assembléia de Jerusalém que foi fundada pelo Mashyakh.

A Revelação Sagrada - A Palavra Profética dada pelo Mashyakh através de Seus servos.


O Tzadik


Nós achamos que o Patriarca (Rosh Avkadmon) é o verdadeiro sucessor da Presidência Eclesiástica de Shaliach Mar Ya'aqob ha'Tzadik (Apóstolo Kadosh Ya´akov –“Thiago”- o Justo) e outros Apóstolos e que tem a principal autoridade terrenal em todos os temas em relação com os Três Pilares da Fé (A Escritura, A Tradição, A Revelação), e em relação com a vida da Assembléia e seus membros.

A excelencia e a autoridade do Patriarca deve ser honrada e acatada por cada um dos membros da Assembléia, o patriarca e os sacerdotes

 

nomeados em comunhão com Ele, recebem do Mashyakh a autoridade para tomar decisões visíveis na terra, que serão ratificadas no céu;

 

como tal, as denúncias provenientes de qualquer pessoa alheia à Assembléia de Jerusalém, não podem ser um recurso interposto contra o Tzadik, que todo caso que não possa ser resolvido em Sua presença, deve esperar a sentença do Mashyakh e por nenhum motivo se pode pensar ou dizer que o Rosh Avkadmon pode ser julgado pelos que estão por embaixo dele, ou por qualquer comunidade fora da Assembléia de Jerusalém, ele mesmo deve ser o juiz de todos os que se encontram por embaixo dele, ao ser um humano servo do Adom, Ele não é infalível, senão que só pode ser julgado pelo Mashyakh que o elegeu , que Ele o elevou e o colocou como  a cabeça de sua Assembléia na terra junto com o Beit Knushta (Sanedrín - Sinédrio).


Ademais, nós achamos que o espírito de Yahushua ha´Mashyakh se encontra dentro do Patriarca, e que o Patriarca é a expressão física da Presença de YHWH e a encarnação do amor de Alhym e, como tal, ele deve ser honrado acima de todos os homens.

 

Todos os direitos reservados á  Essene Sandhedrin - Beit Knushta d'Shemishqo


Comunidade Israelita Nazarena Sar Shalom

Beth Yisrael Israelim Netzarim Meshichim Sar Shalom


" As Boas notícias do Príncipe da Paz para Casa de Yisrael"

*Tradução do espanhol para o portugues por Uriel Ben Levy